Ministério Agricultura

terça-feira, 17 de julho de 2018

Atlético Soma Mais Um Ponto Fora de Casa Contra o Avaí e Se Aproxima do G4

O Atletico está em seu melhor momento na série B e mesmo tendo um difícil sequencia de jogos conseguiu somar 4 pontos em dois jogos fora de casa contra times que estão no G4. Primeiro foi a surpreendente vitória em Fortaleza contra o líder Fortaleza e nesta terça feira, conseguiu um empate jogando novamente fora de casa contra o Avaí.

No jogo de abertura da 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Avaí e Atlético-GO não saíram do zero no Estádio da Ressacada, em Santa Catarina, nesta noite de terça-feira. O time da casa foi melhor no primeiro tempo e no início do segundo, mas os visitantes conseguiram equilibrar as ações ao longo do período.

Com o resultado, tanto o Leão quanto o Dragão permaneceram com a mesma campanha, na parte de cima da tabela: sete vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Pelos critérios de desempate, o clube catarinense ocupa provisoriamente a quarta colocação da tabela, ficando no G4.

Na rodada seguinte, o Avaí vai até o Castelão, em Fortaleza, para encarar o time local às 21h30 (horário de Brasília) da próxima terça-feira. Por outro lado, o Atlético-GO recebe, em seus domínios, o CSA, no confronto de abertura da 17ª rodada da Segundona. O duelo será disputado na segunda-feira, às 20h00.

Vila Nova Joga Bem no Serra Dourada Mas Não Consegue Vencer o Brasil de Pelotas

O Vila Nova não conseguiu vencer o Brasil de Pelotas jogando no estádio Serra Dourada na noite desta terça-feira. O Vila não teve uma grande atuação no primeiro tempo, mas melhorou muito no segundo tempo e não vencer por absoluta falta de competência na hora d finalizar porque conseguiu criar inúmeras chances de gol, a maioria delas parou nas mães do goleiro Marcelo Pitol.

Ao final do jogo um misto de aplausos e vaias para os jogadores do Vila Nova que lutaram,  mas não tiveram competência para fazer o gol e vencer.

Com o resultado o Vila Nova permaneceu na 3ª posição com 27 pontos e na próxima rodada vai jogar contra o Figueirense em Florianópolis. 


Campeonato Brasileiro Série A Passa a Se Chamar Brasileirão Assaí 2018

A partir desta quarta-feira (18/07), quando o Brasileirão retorna da parada para a Copa do Mundo, o principal campeonato de futebol do País passa a se chamar Brasileirão Assaí – Série A 2018. A parceria entre o Assaí Atacadista e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é válida até o fim de 2019, com possibilidade de prorrogação. A marca do Assaí Atacadista passa a ser associada à logomarca do Brasileirão na divulgação de conteúdos oficiais e nas propriedades comerciais da competição.


O Assaí já tinha entrado no mundo do futebol ao ser um dos patrocinadores das duas últimas edições do Campeonato Paulista e, agora, expande sua marca para todo o Brasil. “Toda a comunicação do Assaí é pensada a partir do mote ‘estar com você é o nosso negócio’ e acreditamos que estar no Brasileirão segue em linha com esse posicionamento. O Assaí vem em uma forte rota de expansão, aumentando cada vez mais a sua presença no País e ser a principal marca do maior campeonato de futebol do Brasil nos torna ainda mais presentes na vida dos nossos clientes”, comenta Marly Lopes, Diretora de Marketing do Assaí Atacadista.

No acordo firmado com a CBF, o Assaí terá direito à exposição da marca no pórtico de apresentação dos times nos jogos, na placa central do gramado e nas placas no escanteio. A parceria permite, ainda, que o Assaí realize ativações com o público e em suas lojas, o que ainda está em negociação. 


Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 130 unidades em 18 estados (AL, AM, BA, CE, DF, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, SE, SP). Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2017, a rede inaugurou 20 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 20,1 bilhões, expansão de 28% em relação ao ano anterior.


segunda-feira, 16 de julho de 2018

*Por intermédio de Marconi, Enel e Caixa reabrem diálogo para que lotéricas continuem recebendo contas de luz*

_► Dirigentes da distribuidora e do banco se reuniram nesta segunda-feira para discutir continuidade do contrato para pagamento de contas de luz nas lotéricas_

Resultado da atuação direta do ex-governador Marconi Perillo, as direções regionais da Enel Distribuidora (antiga Celg D) e da Caixa Econômica Federal reabriram nesta segunda-feira (16/7) as tratativas para a manutenção do contrato que permite aos clientes da companhia de energia pagarem, sem custos adicionais, as contas de luz nas agências lotéricas credenciadas pelo banco. O diretor presidente da Enel Abel Rochinha, recebeu da superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Marise Fernandes, nova proposta tarifária, que será levada à apreciação da direção da empresa.
Na sexta-feira, Marconi atuou para intermediar a realização de uma reunião Rochinha Marise Fernandes, com o objetivo de garantir a manutenção do contrato entre a companhia energética e o banco que permite o pagamento, sem custo adicional, das contas de luz em agências lotéricas.  "Estou trabalhando pelo entendimento entre a distribuidora e o banco em consideração ao interesse do consumidor goiano. O objetivo é encontrarmos um consenso para que o consumidor não seja prejudicado com tarifas altas ou com a falta dos pontos lotéricos", disse Marconi.
Na semana passada, a Enel comunicou o fim do contrato com a Caixa por meio do qual os clientes da distribuidora podem efetuar, sem custos, o pagamento das contas de luz nas agências lotéricas da Caixa. A companhia energética informou não ter chegado a um acordo com o banco acerca dos valores cobrados pela prestação do serviço. A Enel informou que, nos termos acertados com a Caixa, a renovação do contrato obrigaria a transferência dos custos do reajuste do serviço para as contas de luz. Com o fim da parceria, a partir de 15 de agosto, o consumidor terá de pagar R$ 2,80 por fatura para quitar a conta de luz nas lotéricas.

Resultado da política de transparência de Vitti, portal da Assembleia tem recorde de acessos

O portal da Assembleia Legislativa de Goiás na internet registrou recorde e obteve 263.541 acessos no primeiro semestre de 2018, com média mensal de 24.896 de usuários únicos, ou seja, que efetivamente visualizaram ao menos uma página do site. O aumento de acessos é resultado da política de transparência implantada presidente da Casa, deputado José Vitti (PSDB).

O mês com o maior número de acessos foi maio, com 54.046 visitas. A matéria na qual o presidente da Assembleia anunciou concurso para contratação de 59 servidores na Assembleia Legislativa foi a mais acessadas na época. Ao todo, o texto recebeu 3.069 acessos, destacando-se também como a mais acessada do semestre.
Os acessos às redes sociais do Poder Legislativo também cresceram. O Facebook, disparado, lidera com média superior 80% dos compartilhamentos em mídia. Nos últimos meses, o Instagram oficial da Casa apresentou crescimento na quantidade de seguidores e o Twitter tem experimentado uma abordagem mais diversificada.
De acordo com o jornalista Paulo Bittencourt, diretor de Comunicação da Assembleia, o Legislativo ampliou a divulgação das informações relativas às atividades parlamentares, por meio da expansão dos canais oficiais de comunicação. A TV Assembleia, disponível no canal aberto 61,2 e na NET, produz e divulga vídeos com programas e reportagens no canal oficial do Youtube.
Em outra ponta, a Agência Assembleia de Notícias produz material baseado na rotina parlamentar, por meio do acompanhamento em tempo real das sessões ordinárias, extraordinárias e especiais, além de reportagens detalhando o teor de projetos de lei e cobertura dos debates e audiências públicas realizadas. As redes sociais complementam a cobertura com enfoque em ações educativas e informativas.

Daniel alfineta Caiado: "Quero ser um governador equilibrado e sereno"

Pré-candidato a governador, Daniel Vilela (MDB) alfinetou o senador Ronaldo Caiado na entrevista que concedeu à TV Band. Caiado é conhecido pelo destempero e comportamento agressivo. 

Perguntado sobre o que o motiva a ser pré-candidato a governador de Goiás, o emedebista respondeu que uma das razões para decidir disputar a eleição é o ter novas ideais, pensar no futuro e ver a possibilidade de construir um novo Goiás.
Daniel arrematou assinalando que quer ser um governante que tenha a marca da responsabilidade, mas também que, sobretudo, se diferencie pelo equilíbrio e pela serenidade.
Depois, o pré-candidato a governador do MDB postou nas redes sociais o vídeo da entrevista com as seguintes hashtags:  "Tá aí a resposta! #responsabilidade #futuro #equilíbrio #serenidade."

domingo, 15 de julho de 2018

Pesquisa ExataOP/Tribuna do Planalto: Marconi lidera e Demóstenes passa Lúcia Vânia e Kajuru

O procurador de Justiça Demóstenes Torres, pré-candidato a senador pelo PTB, cresceu oitos pontos percentuais e assumiu a segunda colocação na corrida pelo Senado, com 19,8%  das intenções de voto dos eleitores goianos. Os números são da pesquisa ExataOP/Tribuna do Planalto publicada neste domingo, 15.

Demóstenes ultrapassou a senadora Lúcia Vânia (PSB) e embolou a corrida pela segunda vaga de senador na chapa da base aliada. A pesquisa ExataOP/Tribuna do Planalto considerou o primeiro e o segundo votos. Com o resultado, o procurador de Justiça ganha fôlego e se fortalece no processo de definição das candidaturas a senador.
No levantamento estimulado, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) lidera com 27,8%. Em segundo lugar, aparece Demóstenes com 19,8% e em terceiro Lúcia Vânia, com 19,7%. O vereador Jorge Kajuru (PRP) soma 19,3% e está em quarto lugar. Em seguida, o senador Wilder Morais (DEM) e o emedebista Pedro Chaves (MDB) estão empatados. O democrata registra 5,3%, e o emedebista, 5,1%.
Registro
A segunda rodada da pesquisa de avaliação política realizada pelo Instituto Exata Opinião Pública e publicada pela Tribuna do Planalto foi realizada de 7 a 12 de julho de 2018. Foram entrevistados 1.920 eleitores em todo o Estado. A pesquisa está registrada sob o número GO-00931/2018 e tem margem de erro de 3 pontos percentuais.

Aposentadoria de Galvão Bueno, O Grande Legado da Copa da Rússia Para o Futebol Brasileiro

Ao final da transmissão da Copa da Rússia, Arnaldo César Coelho, anunciou sua aposentadoria como árbitro de futebol nas transmissões da TV Globo e no embalo, Galvão Bueno,  anunciou que esta, provavelmente,  foi sua última Copa do Mundo como narrador.

Galvão foi sem dúvida um dos maiores narradores da história da TV Brasileira e ao mesmo tempo, responsável DIRETO pelo surgimento de uma geração de jogadores badalados e mimados, embalados  pelo ufanismo exagerado que fez o futebol brasileiro perder com isso perder a humildade peculiar dos grandes campeões. 

Galvão Bueno criou um geração de artistas de circos no futebol brasileiro,  idolatrou demais os jogadores brasileiros, os tornando mimados e estrelas antes de conquistarem algo de importante. 

Nos últimos 16 anos Galvão Bueno, criou pseudos mitos e estragou futuros craques, colocando na cabeça deles que eram os melhores. Tirou dos jogadores e dos torcedores a humildade, exagerando, distorcendo, vitimizando, iludindo,  enganando jogadores,  torcedores e a ele mesmo.

Galvão tem o seu valor histórico, mas não resta dúvida que a sua aposentadoria vai fazer muito bem ao futebol brasileiro.

Que venha uma nova geração de jogadores mais profissionais, mais humildes,  que resgate o verdadeiro futebol arte brasileiro   e aposente de uma vez por todas,  o futebol de artistas mimados criado pelo circo de Galvão Bueno.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Pesquisa IBOPE: MARCONI LIDERA COM FOLGA PARA O SENADO

Ex-governador Marconi Perillo confirma favoritismo na corrida ao Senado, na pesquisa do Ibope, divulgada nesta sexta-feira,13
O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) lidera a disputa para o Senado nas próximas eleições com 28% das intenções de votos. Já a senadora, Lúcia Vânia (PSB) aparece em segundo lugar com 24% das menções. Os dados da pesquisa, realizada no Estado de Goiás, entre os dias 7 e 10 de julho, foram divulgados, nesta sexta-feira, 13, pelo Ibope Inteligência, a pedido da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás.

Neste ano, Goiás elegerá dois senadores. O ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso (PP), ocupa o terceiro lugar das intenções de voto com 18%, seguido pelo vereador Jorge Kajuru (PRP), que possui 15%.  O ex-senador Demóstenes Torres (PTB) é apontado por 14% dos eleitores, enquanto o ex-secretário Vilmar Rocha (PSB) é mencionado por 10%. O Ibope entrevistou 812 eleitores em todo o Estado. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos.
O ex-vice-prefeito Agenor Mariano (MDB), o senador Wilder Morais (DEM), a empresária Luana Baldy (PP), o policial rodoviário federal Fabrício Rosa (Psol) e o deputado Luis César Bueno (PT) têm até 5% das intenções, cada um.
Na pergunta espontânea para o Senado, os eleitores que não sabem ou não preferem opinar totalizam 48% das menções, ao passo que aqueles que demonstram intenção de votar em branco ou anular o voto são 28%. Dentre os possíveis candidatos, Marconi Perillo confirma também o favoritismo, sendo mencionado por 11% dos eleitores, enquanto que Lúcia Vânia é lembrada por 7%. Jorge Kajuru aparece com 5% das intenções de votos e Demóstenes com 4% e Vanderlan com 3%. Por sua vez, Vilmar rocha é mencionado por 2% dos eleitores, já Agenor Mariano, Wilder Morais e Fabrício Rosa são citados por 1%, cada um.

*José Eliton é o menos rejeitado entre os pré-candidatos ao governo estadual*

_► Segundo pesquisa Ibope, governador tem 20% de rejeição, enquanto o senador Ronaldo Caiado tem 25%, e o deputado federal Daniel Vilela 21%_

Pesquisa do Instituto Ibope, realizada a pedido da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), aponta que o governador José Eliton (PSDB) é o pré-candidato ao governo estadual que possui menor rejeição, dentre os três principais pré-candidatos. Ele aparece com 20%, enquanto o senador Ronaldo Caiado (DEM) tem 25%, e o deputado federal Daniel Vilela (MDB) 21%. O Ibope entrevistou 812 eleitores em todo o Estado. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa, realizada entre os dias 7 e 10 de julho, com 812 entrevistados votantes, fez o seguinte questionamento: Dentre estes possíveis candidatos a governador de Goiás, em qual o (a) Sr (a) não votaria de jeito nenhum? Neste levantamento, os entrevistados puderam citar mais de um candidato, o que faz o resultado ultrapassar 100%. A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Não votariam de jeito nenhum nos pré-candidatos Kátia Maria (presidente do PT) e Edson Braz (Rede), 17% e 14% dos eleitores, respectivamente. O professor Weslei Garcia (Psol) obteve 11% de rejeição. Os eleitores que declararam que poderiam votar em qualquer candidatam somam 4%, enquanto os que não votariam em nenhum, 29%.