____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Polêmica - AFA Determina que Boca e Vélez Disputarão Vaga Para Libertadores em Jogo Extra

Em decisão polêmica AFA, Associação Argentina de Futebol, entidade que comanda o futebol portenho, divulgou que a última vaga para a Libertadores 2015 será disputada através de partida única entre Boca Juniors e Vélez Sarsfield.

O jogo foi marcado para a cidade de Mar del Plata, Estádio José Maria Minella, campo neutro.

Os outros classificados pela Argentina são River Plate, San Lorenzo (atual campeão da Libertadores), Racing e Huracán.

A polêmica se deve ao fato do Vélez reivindicar a vaga sem disputa pois apesar de empatarem em número de pontos, o time teve saldo de gols maior do que o Boca.

Abidal Anuncia Aposentadoria

Abidal pela Seleção Francesa
O lateral esquerdo francês Éric Abidal anunciou hoje a sua aposentadoria.

O jogador começou a sua carreira no Monaco, passou por Lille, Lyon, Barcelona e por último estava no Olympiacos da Grécia. Pela Seleção Francesa, Abidal disputou 67 partidas.

Abidal de 35 anos teve a sua melhor fase no Barcelona, clube que defendeu de 2007 a 2013.

No clube catalão Abidal conquistou o Mundial de Clubes, foi 2 vezes Campeão da Champions League e ganhou 4 vezes o Campeonato Espanhol.

Abidal Ergue Taça da
Champions 2011
O jogador passou por um drama pessoal quando um tumor no fígado foi descoberto em 2011. O jogador foi operado e voltou a jogar no final do ano. Em um gesto que comoveu o mundo esportivo, o capitão do Barça Puyol passou a braçadeira para Abidal erguer a Taça da Liga dos Campeões.

Agora o francês deverá assumir um cargo nas categorias de base do Barcelona.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Torcedores do Cruzeiro Provocam Atleticanos com Raja Day


Vários outdoors apareceram em Belo Horizonte em comemoração ao “RAJA DAY”.


O painel é uma provocação dos torcedores do Cruzeiro que comemoram o aniversário de uma verdadeira tragédia para a torcida do Galo. O time que sonhava em ganhar um título Mundial esbarrou no modesto Raja Casablanca nas semifinais do Mundial Interclubes de 2013 e não conseguiu chegar às finais. O título foi conquistado pelo Bayern de Munique.


Jogador do Raja Casablanca comemoram
gol marcado contra o Atlético Mineiro
O Raja Casablanca saiu da fase de play-off, venceu o Auckland City da Nova Zelândia, o Monterrey do México e o Galo na semi-final.

Além da alusão ao fracasso no Mundial Interclubes, o painel também lembra a goleada de 6 a 1 imposta pelo time celeste no Brasileirão de 2011.



CBF Anuncia Seleção Feminina Permanente

Vadão - Técnico da Seleção Feminina
A CBF anunciou que será criada a Seleção Feminina Permanente.

A Seleção que é treinada por Vadão se prepara para a disputa da Copa do Mundo de 2015 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Depois de muitos anos ignorado pela CBF, o futebol feminino está sendo valorizado recebendo pelo menos parte da atenção que deveria merecer.

A Copa do Mundo a próxima competição importante a ser disputada acontecerá em junho no Canadá.

Marta marcou 3 Gols Contra os Estados Unidos
Atualmente a Seleção disputa o Torneio Internacional de Futebol Feminino em Brasília. E o Brasil faz bonito tendo vencido os 2 primeiros jogos – 4 a 0 sobre a Argentina e 3 a 2 de virada sobre os Estados Unidos. Neste jogo a jogadora Marta fez os 3 gols do Brasil. 

O torneio quadrangular terá a sua final no dia 21 de dezembro. A Argentina que perdeu seus 2 jogos está fora da disputa. O Brasil já está classificado e espera o adversário entre Estados Unidos e China.



Alemanha Termina o Ano na 1ª Colocação do Ranking da FIFA

No ranking divulgado pela FIFA hoje, a Alemanha, atual Campeã Mundial termina o ano na 1ª posição. 

A Seleção Brasileira que começou o ano em 10º termina na 6ª posição.

Em 2º lugar fica a Argentina, Vice-Campeã no Mundial do Brasil e a Colômbia ficou em 3º. 

1º Alemanha 1725 pontos

2º Argentina 1538 pontos

3º Colômbia 1450 pontos

4º Bélgica 1417 pontos

5º Holanda 1374 pontos

6º Brasil 1316 pontos

7º Portugal e França 1160 pontos

9º Espanha 1142 pontos

10º Uruguai 1135 pontos

Neto Baiano Volta ao Vitória

O atacante Neto Baiano acertou o seu retorno para o Vitória (BA). O jogador de 32 anos irá voltar a defender o time baiano em sua 3ª passagem pelo time. 

O jogador chega para defender o rebaixado Vitória na Série B 2015.

Nos 2 últimos anos o jogador passou por Goiás e Sport onde ficou mais marcados pelas confusões do que pelos gols.

Neste ano o jogador chegou a até começar bem ajudando o Sport a conquistar a Copa do Nordeste e o Pernambucano porém teve uma queda de rendimento e amargou a reserva na segunda metade do Brasileiro. 



quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Juiz do Maranhão Que Mandou Prender Funcionários da TAM é Afastado

O juiz Marcelo Baldochi, aquele que mandou prender funcionários da TAM após chegar atrasado para o seu vôo está afastado de suas funções. O afastamento se deu após a sessão ordinária realizada no Tribunal de Justiça do Maranhão.

Além do afastamento foi aberto um PAD – Processo Administrativo Disciplinar contra o magistrado.

Cabe recurso à decisão.

Segundo o desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo que foi o presidente da Comissão de Sindicância do TJ MA, Marcelo Baldochi abusou de sua autoridade – “Ficou evidenciado, no caso, o abuso de autoridade do magistrado e seu mau exemplo para todo o Poder Judiciário”

Botafogo Apresenta René Simões

O Botafogo que vive uma das piores crises de sua história apresentou hoje o técnico René Simões.

Simões estava fora do mercado, desde 2013, o seu último clube foi o Atlético Goianiense. O técnico de 62 assume com o desafio de dirigir um time em frangalhos, rebaixado para a Série B e sem recursos financeiros.

O técnico substitui Vagner Mancini que deixou o clube há uma semana.

René Simões que tem 36 anos de carreira tem trabalhos de destaque em seu currículo. Fez bons trabalhos no Fluminense, Coritiba e na Seleção da Jamaica. Resta saber se terá capacidade para fazer o time carioca voltar à Série A em 2015.

CARLOS ALBERTO SANTOS

O ex-volante do clube Carlos Alberto Santos está sendo cogitado para voltar a trabalhar nas categorias de base do clube. 

Carlos Alberto chegou a trabalhar no clube durante a gestão de Bebeto de Freitas e revelou que já teve conversas a respeito com o novo Presidente do clube Carlos Eduardo Pereira.

Presidente do Palmeiras vem à Goiânia para Negociação de Tiago Mendes

Tiago Mendes
O Palmeiras que já fechou com o volante Amaral está muito próximo de levar outro jogador do Goiás para reforçar o time de 2015. Trata-se do também volante Tiago Mendes.

O alviverde paulista que disputa o jogador com o São Paulo entrou pesado na briga e nesse momento o Presidente do clube Paulo Nobre está reunido com o conselheiro do clube Edminho Pinheiro. O encontro acontece na concessionária de veículos de propriedade de Edminho, a Pinauto.

Edminho Pinheiro
O homem forte do Goiás andava meio sumido do clube. Mas sempre nas negociações importantes Edminho sempre aparece à frente, reforçando a imagem de que o Presidente do Goiás é uma verdadeira Rainha da Inglaterra. Isso aconteceu nas gestões de Pedro Goulart e Syd Oliveira Reis.

Tiago Mendes de 22 anos, fez uma boa temporada em 2014, jogando 34 partidas do Brasileirão marcando 3 gols.

Espera-se que Edminho que tem a fama de exímio negociador consiga um bom negócio para o Goiás pois o time goiano há tempos enfrenta dificuldades financeiras.

Tomara que o negócio seja melhor do que o próprio Edminho fez com o Palmeiras em 2010, ocasião em que o lateral direito Vitor foi negociado. Vitor que foi assediado por muitos anos por vários clubes brasileiros e do exterior, acabou sendo envolvido num troca-troca com o Palmeiras. Pelos direitos federativos de Vitor o Palmeiras emprestou por um ano os craques Deyvid Sacconi, Wendel e Daniel Lovinho.




terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Anunciada Como Secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão Costa Quer Goiás Como Destaque Nacional



O currículo qualificado da economista Ana Carla Abrão Costa, que é mestre em economia pela Fundação Getúlio Vargas e doutora pela USP, o fato de ser goiana e ter muitas afinidades com a próxima equipe econômica do governo federal foram fundamentais em sua escolha para chefiar a Secretaria da Fazenda no próximo governo de Marconi, conforme ele próprio deixou transparecer, durante a apresentação e a coletiva, hoje à tarde, no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Ana Carla disse que trabalhará com afinco para que Goiás continue se destacando nacionalmente como um dos estados que mais se desenvolvem.
Ao agradecer o convite, Ana Carla falou que estava orgulhosa de voltar a Goiás, depois de mais de 25 anos trabalhando e estudando fora, para comandar uma Pasta importante como a Sefaz. Ela justificou que pesou na decisão de aceitar integrar o governo estadual a disposição de colaborar para que Goiás se destaque ainda mais no plano nacional, para que o crescimento do Estado se converta em “aumento do bem estar do povo goiano”.
No currículo, ela traz afinidade com a iniciativa privada, como economista-chefe da Tendências Consultoria Integrada, analista plena do Banco Central, consultora da Agrifood, do Banco Brasileiro Comercial S/A, Banco Itaú, atuando no Fundo Garantidor de Créditos (FGC), além de trabalhado como professora assistente do Departamento de Economia da Fundação de Estudos Econômicos (FEA) da USP.
A palavra de ordem, para ela, no momento é “eficiência”, um conceito muito caro entre os economistas: “gastar bem e arrecadar bem”. A economista disse confiar no comando da política econômica do governo federal, a ser implementada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, com quem tem amizade e afinidade do ponto de vista técnico. Sobre as ligações afetivas com Goiás, a futura secretária afirmou: “Nas minhas veias só corre o sangue goiano. Sou pura de origem.” Disse ter comentado com a mãe a respeito da escolha e que ela aprovou de pronto a decisão que tomou.
A secretária escolhida é filha da senadora Lúcia Vânia e do ex-governador Irapuan Costa Júnior. Marconi explicou que a escolha foi pessoal e baseada no currículo da economista, que há mais de 25 anos mora fora de Goiás, atuando principalmente, depois de graduada, em São Paulo, estado onde desenvolveu sua carreira profissional. 
“A doutora Ana Carla é uma profissional altamente qualificada”, justificou o governador, ao ressaltar que está plenamente seguro de que a Secretaria da Fazenda será conduzida por uma pessoa extremamente qualificada para a função.
A secretária se disse pronta para defender os interesses do Estado em “temas sensíveis” como a questão dos incentivos fiscais. Em relação às previsões pessimistas para a economia do País em 2015, Ana Carla afirmou que “não serão fáceis os próximos anos”,  mas para a economista Goiás tem hoje uma situação de “robustez econômica”, melhor que a de outros Estados. “Vamos manter a trilha de geração de empregos, responsabilidade fiscal e manutenção do patamar de desenvolvimento”. Para a futura titular da Fazenda, a recente reforma administrativa que Goiás adotará a partir de 1º de janeiro de 2015 baseia-se em “medidas necessárias, como instrumento motriz de ajustes”.
A posse ocorrerá em 1º de janeiro de 2015, data em que inicia o quarto mandato do governador Marconi Perillo.

Marconi Elogia Inovações Tecnológicas Lançadas Pela Semarh




Em solenidade comandada pelo governador Marconi Perillo, na tarde desta terça-feira (16) no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a Semarh - Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – lançou quatro novos sistemas tecnológicos que visam agilizar, facilitar e modernizar o atendimento à comunidade.
Os sistemas Sifi, Ocean Doc, ELO e Proto, lançados e detalhados pela secretaria Jaqueline Vieira, trazem inovações que garantirão a economia de cinco toneladas de papel ao ano, motivada pelo registro digital de processos e serviços.
O Sistema de Fiscalização Remota – Sifi – permitirá que o processo de fiscalização em campo seja feito com tablets e impressoras térmicas que possibilitarão a autuação do infrator no próprio local e o envio automático das informações à base de dados da Semarh.
O ELO – Emissão de Licenças e Outorgas Online – possibilitará que o usuário que necessita de licença ambiental ou outorga de uso de água, e que já tenha protocolo na Semarh – possa emiti-la a partir de qualquer computador ligado à internet.
Já o Proto – Sistema de Protocolo Online de Solicitação de Licenças – permite que o empreendedor protocole a solicitação de uma licença através de qualquer computador conectado à internet.
As inovações mereceram elogios do governador Marconi Perillo, para quem a Semarh foi capaz de produzir algumas ferramentas tecnológicas indispensáveis à modernização dos serviços que presta, de uma forma mais eficiente. “Aliás, - sinalizou -  a Semarh está na vanguarda do que pretendemos fazer daqui para a frente em todos os órgãos do governo. Ou seja, aproximar o cidadão do governo cada vez mais através da tecnologia”.
O governador garantiu que o que está sendo feito na área da Semarh irá também fazer no Detran e nos Vapt-Vupts. “Este é um compromisso que fizemos para este nosso próximo governo. Nós agregamos novas estruturas à Semarh a partir de agora e eu acho que foi uma coisa que vai acabar trazendo uma boa consequência, porque tudo na área de infraestrutura, cidades, mobilidade e região metropolitana, depende de licenciamentos e apreciação prévia da Semarh”, salientou.
Marconi disse ainda que ao incorporar algumas secretarias na reforma administrativa, aprovada pela Assembleia Legislativa, almejou que todas as obras e todos os investimentos que forem feitos passem previamente pela análise da área do meio ambiente.
Depois de afirmar que vai continuar valorizando o trabalho da Semarh,  completou dizendo que a secretaria evoluiu muito nesses últimos quatro anos. “E eu tenho a satisfação de ter colaborado com os secretários para que isso ocorresse. O que eu espero é que daqui pra frente a gente possa fortalecer e sedimentar cada vez mais esse trabalho”, finalizou.


Marconi Escolhe Uma Economista Para a Secretaria da Fazenda

O governador Marconi Perillo apresentou hoje, em entrevista coletiva à imprensa no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a economista Ana Carla Abrão Costa, como titular da Secretaria de Estado da Fazenda no próximo governo. A posse ocorrerá em 1º de janeiro de 2015, data em que inicia o quarto mandato do governador. Ana Carla será a primeira mulher a assumir a Pasta da Fazenda no Estado.
A secretária escolhida é filha da senadora Lúcia Vânia e do ex-governador Irapuan Costa Júnior. Marconi explicou que a escolha foi pessoal e baseada no currículo da economista, que há mais de 25 anos mora fora de Goiás, atuando principalmente, depois de graduada, em São Paulo, estado onde desenvolveu sua carreira profissional. “A doutora Ana Carla é uma profissional altamente qualificada”, justificou o governador, ao ressaltar que está plenamente seguro de que a Secretaria da Fazenda será conduzida por uma pessoa extremamente qualificada para a função.
Marconi adiantou que a secretária vai atuar “fortemente” ao lado do vice-governador, que teve o nome confirmado, semana passada, para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. “A secretária terá uma plena sintonia como o doutor José Eliton”, disse.
Ao agradecer o governador pelo convite, Ana Carla disse ter orgulho de poder voltar a Goiás, depois de anos fora do Estado. Ela justificou que pesou na decisão de aceitar integrar o governo estadual a disposição de colaborar para que Goiás se destaque ainda mais no plano nacional, para que o crescimento do Estado se converta em “aumento do bem estar do povo goiano”.
A secretária se disse pronta para defender os interesses do Estado em “temas sensíveis” como a questão dos incentivos fiscais. Em relação às previsões pessimistas para a economia do País em 2015, Ana Carla afirmou que “não serão fáceis os próximos anos”,  mas para a economista Goiás tem hoje uma situação de “robustez econômica”, melhor que a de outros Estados. “Vamos manter a trilha de geração de empregos, responsabilidade fiscal e manutenção do patamar de desenvolvimento”. Para a futura titular da Fazenda, a recente reforma administrativa que Goiás adotará a partir de 1º de janeiro de 2015 baseia-se em “medidas necessárias, como instrumento motriz de ajustes”.
Na visão de Ana Carla Abrão, a palavra de ordem do momento é “eficiência”, um conceito muito caro entre os economistas: “gastar bem e arrecadar bem”. A economista disse confiar no comando da política econômica do governo federal, a ser implementada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, com quem tem amizade e afinidade do ponto de vista técnico. Sobre as ligações afetivas com Goiás, a futura secretária afirmou: “Nas minhas veias só corre o sangue goiano. Sou pura de origem.” Disse ter comentado com a mãe a respeito da escolha e que ela aprovou de pronto a decisão que tomou.

Currículo – Ana Carla Abrão Costa é mestre em economia pela Fundação Getúlio Vargas e doutora pela USP. Na iniciativa privada atuou em diversas áreas no Banco Itaú, foi economista-chefe da Tendências Consultoria Integrada, analista plena do Banco Central, consultora da Agrifood, do Banco Brasileiro Comercial S/A e atuou no Fundo Garantidor de Créditos (FGC), além de trabalhado como professora assistente do Departamento de Economia da Fundação de Estudos Econômicos (FEA) da USP.
Participaram da apresentação o vice-governador José Eliton, o atual secretário da Fazenda, José Taveira Rocha, e o secretário da Casa Civil, José Carlos Siqueira.

Thierry Henry Anuncia Aposentadoria

O atacante francês Thierry Henry anunciou que está se retirando dos gramados.

Henry de 37 anos estava desde 2010 atuando no futebol norte americano no NY Red Bulls.

O jogador começou a sua carreira no Mônaco, passou por Juventus de Turim, Arsenal e Barcelona.

A melhor fase de Henry foi vivida no Arsenal onde jogou de 1999 a 2007.

Pelo time londrino o francês marcou 175 gols o que o torna o 4º maior artilheiro de todos os tempos do Campeonato Inglês. 

Campeão do Mundo pela França em 1998, Henry disputou 123 partidas pela Seleção Francesa, marcando 51 gols.

Em 2003 e 2004 o jogador concorreu ao Prêmio da Bola de Ouro FIFA ficando nas duas oportunidades com a Bola de Prata. Em 2003 ficou atrás do seu compatriota Zidane e em 2004 perdeu a disputa para Ronaldinho Gaúcho.

Henry anunciou que voltará a morar em Londres e trabalhará como comentarista esportivo da Sky Sports.



Futebol Mexicano Mira Craques Brasileiros

Rafael Sóbis
O futebol mexicano está de olho nos craques brasileiros.

Ontem foi anunciado o interesse do Tigres pelo atacante Rafael Sóbis do Fluminense. O time mexicano que disputará a Libertadores em 2015 teria oferecido contrato de 3 anos para o jogador. O negócio pode ser facilitado pelo rompimento da parceria entre o time carioca e a Unimed que bancava a maior parte dos salários do jogador.

Ricardo Goulart
Já o Cruz Azul que disputa o Mundial Interclubes e enfrenta o Real Madri mostrou interesse no atacante Ricardo Goulart do Cruzeiro. A negociação é negada pelo time mineiro e o procurador do atleta não foi encontrado para confirmar o interesse.

Este ano o Queretaro contratou Ronaldinho Gaúcho que fez uma temporada apenas razoável no futebol mexicano. O jogador foi especulado para saída para o futebol norte americano porém segue com contrato em vigor.

Porém o grande destaque do ano entre os brasileiros que atuam no futebol mexicano sem dúvida foi o atacante Maikon Leite.

Maikon Leite
O jogador que foi por empréstimo para o Atlas, fez uma grande temporada. Livre de lesões, o atacante ajudou o time a sair do rebaixamento no 1º semestre Torneio Clausura e no 2º semestre levou o Atlas à 3ª colocação na Fase de Classificação fazendo que o seu time conquistasse vaga para a Libertadores 2015. O jogador foi escolhido para a Seleção do Campeonato Mexicano. Maikon Leite tem contrato com o Palmeiras até 2016.

CBF Sorteia Confrontos da Copa do Brasil 2015

Atlético Mineiro Campeão da
Copa do Brasil 2014
A CBF realizou hoje o sorteio dos jogos da 1ª fase da Copa do Brasil. 

São 80 clubes distribuídos em 40 confrontos. 

Nas oitavas de finais os 10 clubes que permanecerem na competição se juntarão aos 5 classificados da Libertadores – Atlético Mineiro, Cruzeiro, São Paulo, Internacional e Corinthians mais o Fluminense que ficou em 6º lugar no Brasileirão.

Entre os confrontos podemos destacar Palmeiras x Vitória da Conquista (BA), Botafogo x Botafogo (PB), o Santos x Londrina(PR), Flamengo x Brasil de Pelotas, Vasco da Gama x Rio Branco (AC), Grêmio x Campinense (PB).

A competição terá seu início no dia 25 de fevereiro e terminará somente no final de novembro.

TIMES GOIANOS

No sorteio ficou definido que o Goiás enfrentará o Santo André (SP), o Atlético pegará o Coruripe (AL) e a Anapolina enfrentará o Vitória (BA).

Vanderlei Luxemburgo Está Deixando o Flamengo Para Assumir o Internacional

O Inter perdeu Tite para o Corinthians e, agora, ao que tudo indica, abre uma nova frente de combate: contra o Flamengo, por Vanderlei Luxemburgo

O técnico tem contrato com o Flamengo até o final de 2015, mas não há multa rescisória. Recebe R$ 350 mil na Gávea, e ganharia quase o dobro no Beira-Rio.

Vanderlei Luxemburgo terá uma reunião na tarde dessa terça-feira, no Rio de Janeiro, com emissários do Inter. O treinador já teria informado à direção do Flamengo que está de mudança para o Beira-Rio. 


A rescisão deverá ocorrer nas próximas horas. Caso o acerto ocorra, Luxemburgo poderá ser apresentado até a sexta-feira em Porto Alegre.


Nesse encontro, no Rio, o treinador será comunicado sobre o projeto do Inter para a Libertadores e sobre a necessidade de vencer pelo menos uma das grandes competições da temporada, além de ser informado sobre chegadas e partidas. 


Do atual, elenco haverá de seis a sete dispensas. Pelo menos quatro reforços de peso serão contratados. Com Luxemburgo, desembarcariam também o preparador físico Antônio Mello e o auxiliar técnico, o ex-atacante Deivid.


Caso a contratação de Luxemburgo seja efetivada, ele estará retornado ao Beira-Rio 37 anos depois. Em 1978, o lateral-esquerdo Vanderlei Luxemburgo foi titular do Inter.

Marcos Egídio Será o Novo Presidente do Atlético-GO


O jovem advogado Marcos Egídio será o novo presidente do  Atlético-GO. Ele foi o escolhido por um grupo de dirigentes atleticanos para assumir a presidência do clube e tocar as atividades em 2015. 

Diretor jurídico, Marcos Egídio vai assumir a presidência depois que algumas alterações no estatuto do clube forem realizadas.

Hoje, de acordo com o estatuto, apenas membros que já ocuparam cargo eletivo podem assumir a presidência. Marcos Egídio foi nomeado nos últimos mandatos por isso não pode assumir antes da mudança no estatuto ser realizada, algo no entanto, meramente burocrático.

A assembleia do Conselho Deliberativo que estava marcada para esta segunda foi cancelada pelo presidente do Conselho, Marco Antônio Caldas. Ele alegou que nenhuma chapa havia sido registrada e que, por isso, não seria possível realizar a eleição. O pleito poderia servir também para que o novo presidente executivo fosse apontado, já que a nomeação no Atlético-GO é feita de forma indireta. Para que o estatuto seja mudado, é necessário que um novo edital seja publicado, medida que deverá ser tomada na quarta-feira.




Ana Carla Abrão é Confirmada Pelo Governador Marconi Perillo Como Secretária da Fazenda do Estado de Goiás

O governador Marconi Perillo (PSDB) confirmou  a economista Ana Carla Abrão Costa para comandar a Secretaria de Estado da Fazenda, a partir de janeiro de 2015.

Ana Carla Abrão Costa é formada em economia pela Universidade de Brasília (UnB), com mestrado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e doutorado pela Universidade de São Paulo (USP).

A economista é filha da senadora Lúcia Vânia (PSDB), tem 45 anos de idade e deixará o cargo na diretoria no Itaú Unibanco. Ana Carla é noiva do também economista Pérsio Arida, um dos criadores do Plano Real no governo de FHC.

 O convite do governador para  Ana Carla Abrão Costa ocupar a Secretaria da Fazenda  foi pessoal e sem indicações de políticos.

AGENDA DO GOVERNADOR MARCONI PERILLO
16 de dezembro de 2014 – terça-feira

Lançamento de novos serviços e sistemas da Semarh (Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos).
Local: auditório Governador Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Centro. Goiânia.
Horário: 14:00 h.
Coletiva de imprensa para anúncio da economista Ana Carla Abrão Costa como Secretária da Fazenda da gestão que se iniciará em 1º de janeiro de 2015. 
Local: 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.
Horário: 15:30 h. 

Marconi Empossa Novos Procuradores e Preenche Quadro da PGE


Ao dar posse na tarde desta segunda-feira a onze procuradores de estado de terceira categoria, o governador Marconi Perillo conseguiu um feito inédito em Goiás: preencheu o quadro de procuradores previsto na Lei Orgânica da PGE. Neste ano, em que a Procuradoria Geral do Estado completou 50 anos, a presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Goiás, Valentina Jungmann Cintra, fez questão de ressaltar o bom relacionamento da entidade com o governo. 
Durante a solenidade, ocorrida no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, ela lembrou que em 2011 solicitou a realização do 13º concurso público para ingresso na carreira de procurador do Estado. O governador – segundo ela – foi além. “Obtivemos o preenchimento do quadro de procuradores previstos na Lei Orgânica da PGE, fato inédito nos 50 anos de existência da Procuradoria Geral de Goiás”.
Valentina recordou ainda que na sessão de posse dos 25 primeiros aprovados no 13º concurso público para procurador do Estado, respondendo ao pleito da Apeg de aproveitamento dos demais aprovados com o preenchimento do quadro de procuradores, o governador garantiu a sua complementação até o final deste ano. Durante a abertura do VI Encontro de Procuradores do Estado, realizado em Rio Quente, no início de novembro passado, a Apeg reiterou ao governador o pedido de nomeação dos demais aprovados no concurso para ingresso na carreira.
Ao se pronunciar na ocasião, Marconi comunicou que iria nomear e dar posse aos demais aprovados exatamente no dia de hoje. “Por isso senhor governador – reiterou Valentina – reconhecemos o comprometimento do seu governo com o fortalecimento da representação judicial e da consultoria jurídica do Estado e por conseguinte com a manutenção do estado democrático de direito”.
No rápido discurso que proferiu durante a solenidade, o governador ressaltou importantes conquistas da PGE. “Com a atuação dos procuradores nós temos todos os anos algumas centenas de milhões de reais economizados para os cofres estaduais, de recursos que são destinados à melhoria de serviços e à realização dos nossos projetos, dos nossos programas”.
Dentre os feitos, destacou a ação que pôs fim ao litígio que durou décadas entre Goiás e o Estado da Bahia. “Finalmente, agora neste ano, o STF deu ganho de causa ao Estado de Goiás. Esta foi uma ação iniciada e acompanhada permanentemente pelos nossos procuradores através de sustentação oral no STF. Somente esta causa vai representar anualmente para o Estado, aproximadamente R$ 1 bilhão a mais. A produção naquela região da divisa de Goiás com a Bahia é expressiva. Serão 45 mil hectares finalmente anexados ao nosso território. Uma área que era nossa, mas que estava apropriada pelo estado da Bahia. Somente por esta ação dá para se ter uma percepção do quanto é importante esta carreira de procurador”.
O governador reiterou que sempre procurou colaborar com a categoria ao longo de seus três mandatos. “Primeiro – salientou - instituindo a obrigatoriedade de os procuradores serem dos quadros efetivos da procuradoria do Estado. Isto significa dizer que um de vocês, quem sabe no futuro, poderá ascender à chefia geral da Procuradoria do Estado. Antes, isso não era privativo de procuradores”.
Por fim, disse que “se nós temos hoje uma legislação muito boa na área das Organizações Sociais, devemos muito à PGE e a seus procuradores”.
“O compromisso que eu tenho é o de continuar colaborando e apoiando a PGE. Vamos partir agora para uma sede melhor no ano que vem até que se construa uma outra”, finalizou.

Mensagem de Natal do Professor Walter Paulo


"O melhor presente de Natal é a presença de quem é importante nas nossas vidas, com uma palavra que surge de dentro do coração, acompanhada de um abraço"



Feliz Natal e próspero ano novo.

WhatsApp No Jornalismo

Se fosse uma pessoa, o WhatsApp seria uma criança de apenas cinco anos. Em todo mundo, o aplicativo que permite a troca de mensagens pelo celular sem pagar por SMS já conquistou 600 milhões de usuários. Por observar como os adeptos da tecnologia se relacionam com a ferramenta, o jornalista Fábio Gusmão, editor digital do jornal carioca Extra, decidiu incluir o app no dia a dia da redação. Depois dele, vários outros veículos apostaram na ideia.
Para saber como tem sido o trabalho e quais benefícios o aplicativo trouxe para o jornalismo, a reportagem do Portal Comunique-se conversou, nesta semana, com seis redações - além de Extra, Correio do Povo, Folha de S. Paulo, Rádio Bandeirantes, Bandnews FM e Bradesco Esportes FM. Investimento, mudanças e adaptação da equipe, fluxo de mensagens recebidas e influência da tecnologia na comunicação são alguns pontos abordados nas entrevistas. Os furos conquistados a partir de informações que chegam pelo aplicativo também são contados.
Os relatos têm em comum o baixo investimento, a aproximação entre o público e o veículo de imprensa e mais agilidade no processo jornalístico, além de uma certeza: o trabalho com o WhatsApp, para essas empresas de comunicação, seguirá firme e forte em 2015. Confira, abaixo, o que os executivos falam sobre o assunto.
Extra - Fábio Gusmão, editor digital
Começamos a usar em junho de 2013, mas tive a ideia antes e passei a pesquisar antes de sugerir o aplicativo como ferramenta de trabalho. A ideia surgiu de observação do comportamento das pessoas nas ruas. Percebi que elas usavam de maneira diferente de quem usa o Facebook, por exemplo. Procurei entender melhor e descobri que elas estavam criando grupos e mini redes sociais dentro do aplicativo. Depois disso, pesquisei uma maneira de administrar e gerenciar tudo, pois pelo celular é bem complicado. Passei alguns meses estudando e encontrei emuladores para usar o aplicativo no desktop. Nossa experiência com o WhatsApp aconteceu em paralelo com as manifestações do ano passado e esse evento foi fortalecedor da minha ideia, pois lembrei que quando aconteceu a Primavera Árabe uma mulher foi ferida e o registro dessa agressão só ganhou o mundo por causa do aplicativo, já que o acesso às outras redes sociais estava bloqueado. Procurei projetos no Brasil e no mundo inteiro que pudessem me inspirar, mas não encontrei. Não existia nada parecido com o que eu queria fazer, até então.
“A nossa regra é responder todas as mensagens que chegam. Quando criei o projeto, sabia que não adiantava abrir um canal com o leitor e não conversar com ele.”
Decidi lançar mesmo assim e, em pouco mais que 48 horas, já tínhamos 338 pessoas do país inteiro participando. Hoje, temos cerca de 35 mil, que nos enviaram mais de dois milhões de mensagens desde o lançamento até agora. Os nossos usuários são cadastrados, nós sabemos quem eles são. Com essas informações, passei a testar grupos, fizemos ações durante o Rock in Rio, por exemplo. A nossa redação mudou depois disso. Agora, faço parte do núcleo de digital e, diante deste trabalho e de outros, contratamos cinco pessoas para este núcleo. No total, o digital tem 15 profissionais. Recebemos muito conteúdo exclusivo, furos de reportagem e informações quentes. A nossa regra é responder todas as mensagens que chegam. Quando criei o projeto, sabia que não adiantava abrir um canal com o leitor e não conversar com ele. Quando existe a conversa, eles ficam lisonjeados e passam a confiar mais no nosso trabalho. Esse relacionamento com a fonte encurta caminhos. Nunca imaginei que a experiência fosse ser tão boa. Sabia que seria inovador, mas a reação dos nossos leitores surpreendeu bastante.
“Apostar em novas ideias traz coisas positivas. O nosso trabalho inspirou outras redações e, hoje, dou palestras sobre o modelo de trabalho.”
No começo, toda mudança é complicada. Mas é importante entender que o que mudou foi a forma como você vê a notícia. O jornalismo não mudou. Continuamos fazendo nosso trabalho de apuração. Tudo que recebemos é devidamente checado com as fontes necessárias. O WhatsApp trouxe mais agilidade e isso é importante. Como foi o caso de um tiroteio que aconteceu na tentativa de resgate de presos no Fórum de Bangu. Na ocasião, uma criança morreu. Ficamos sabendo do caso e mandamos o repórter para o local, mas ele gastaria horas para chegar lá. Na redação, selecionei os contatos que moram próximo do lugar onde o caso aconteceu. Enviei mensagem para o celular dessas pessoas avisando sobre o ocorrido, pedindo que elas tivessem atenção ao passar pelo lugar e dizendo que se elas tivessem informações, que enviassem para o nosso número. Recebi milhares de mensagens com fotos, vídeos e textos. Quando a repórter chegou ao local, já tinha bastante conteúdo, então ela cuidou de apurar os bastidores da história. Já recebemos diversas mensagens com boas pautas. Acho fundamental incluir a tecnologia no nosso trabalho. No fim das contas, o que importa são as pessoas. É entender como elas se comportam e estão dispostas a se relacionar com você. Apostar em novas ideias traz coisas positivas. O nosso trabalho inspirou outras redações e, hoje, dou palestras sobre o modelo de trabalho.

BandNews FM – Sheila Magalhães, editora-executiva
A experiência está sendo ótima e enriquecedora. O WhatsApp aumentou consideravelmente a interação do ouvinte com a rádio. Com esse aumento, cresce também o volume de informação de utilidade pública que chega à redação por quem, de fato, está “vivendo” a notícia. A grande maioria das mensagens é composta por informações úteis para outros ouvintes e/ou participação no noticiário. As mensagens que não trazem algo que possa ser usado na redação também são fundamentais por causa da troca e da aproximação entre a rádio e o ouvinte. Diariamente, recebemos dezenas de mensagens com pequenos “furos”. Sabemos diariamente de um problema no Metrô antes de qualquer informação da companhia. Também informamos sobre um acidente muito antes de a CET ou as equipes de resgate chegarem ao local.

“A tecnologia é um enorme facilitador para um trabalho cada vez mais amplo e especialmente ágil. Um trabalho cada vez mais abrangente e mais multiplataforma.”

Além disso, recebemos inúmeras denúncias e informações privilegiadas que pautam a reportagem e a apuração, como, por exemplo, as mortes de Samuel Klein e Adib Jatene foram informadas por ouvintes que trabalham nos hospitais onde eles estavam internados antes da confirmação. A informação sobre o acidente com o avião onde estava o então candidato Eduardo Campos chegou primeiro por esse canal. Claro, nesses momentos, como sempre fazemos, checamos com as fontes oficiais antes de noticiarmos no ar. Mas é um alerta que chega para a redação, que se prepara muito melhor para o momento da confirmação. A tecnologia é um enorme facilitador para um trabalho cada vez mais amplo e especialmente ágil. Um trabalho cada vez mais abrangente e mais multiplataforma. Aproveitando o lado positivo, é essencial não perder de vista o básico do jornalismo bem feito: informação correta, atualizada e passada de maneira compreensível para o seu público.

Correio do Povo - Márcio Gomes, coordenador do site
“Percebemos que o processo de recepção de conteúdo facilitou bastante e isso serve tanto para leitores e assessorias sugerirem pautas quanto para a redação se comunicar quando está na rua.”
Começamos a utilizar o aplicativo no começo deste ano para facilitar o acesso ao nosso leitor e para viabilizar o recebimento de conteúdo de uma forma mais prática. Monitoramos constantemente o aplicativo para avaliar o conteúdo recebido. Participamos de diversos grupos, que nos enviam dezenas de mensagens por dia, sendo que recebemos mais fotos, seguidos de texto e vídeo. Áudios são bem raros. A experiência para nós tem sido ótima. Percebemos que o processo de recepção de conteúdo facilitou bastante e isso serve tanto para leitores e assessorias sugerirem pautas quanto para a redação se comunicar quando está na rua. Recebemos boas sugestões, mas também chegam mensagens com conteúdos que não são jornalísticos, como corrente e piadas. Geralmente, os usuários enviam informações de serviços ou reclamam de algum problema específico. Nestes casos, checamos para ver se o problema realmente existe, falamos com quem nos enviou a mensagem e depois vamos atrás dos órgãos competentes para ver qual resposta pode ser dada. A tecnologia facilita o acesso a informações e uma maior interação com o internauta. Requer uma curva de aprendizado, mas depois que o processo de adaptação é concluído, os benefícios para a redação são grandes.
Bradesco Esportes FM – Murilo Borges, coordenador de redação
Sentimos a necessidade a partir do momento em que o WhatsApp virou a ferramenta mais utilizada para a conversação entre as pessoas. Se o povo está usando, por que não as redações? Não há meio mais rápido e fácil para a interação do que o WhatsApp e a aceitação dos ouvintes é a melhor possível. Recebemos as mensagens por um computador no estúdio e sempre um dos apresentadores tem o acesso fácil e rápido. Acredito que recebemos, aproximadamente, 10 mil mensagens por dia, a maioria em texto. Tem sido ótimo contar com esse calor imediato do público. O curioso é ver os nossos próprios ouvintes criando grupos entre eles e nos colocando no meio para debates acalorados sobre times, jogadores e competições.

“Quem não se habilita e aperfeiçoa fica para trás, uma vez que o nosso trabalho depende demais da tecnologia.”
Para nós, a ferramenta serve mais para debates. Levantamos assuntos que os ouvintes participam conosco em tempo real, o que é ótimo. Há sugestões de duelos históricos que sempre recebemos também. A tecnologia influencia diretamente no nosso trabalho, pois mudou o jeito de funcionamento das redações. Quem não se habilita e aperfeiçoa fica para trás, uma vez que o nosso trabalho depende demais da tecnologia. Sem falar nas redes sociais que são um termômetro e um aprendizado diário para nós. Sinto, ainda, que o meio jornalístico não entendeu e se atrapalha na utilização das redes sociais. Este é um processo muito novo, a internet está vigente nas redações há uns 20 anos apenas, as redes sociais em peso faz uns cinco, portanto, temos muito que aprender como melhor usar essa tecnologia que veio para ficar e revolucionar os meios de comunicação.
Rádio Bandeirantes - Daniel Batista, chefe de produção
Enxergamos na ferramenta a oportunidade de intensificar a interação com o ouvinte por causa do número de usuários, da praticidade e da possibilidade de receber áudios direto no estúdio. A adaptação da redação foi tranquila porque todos são usuários da ferramenta também. Os âncoras estimulam o ouvinte a mandar mensagens ou áudios por WhatsApp e são responsáveis pela seleção do conteúdo recebido para exibição. Dependendo do assunto, recebemos fluxo grande de mensagem, sendo mais textos e áudios. Recebemos muitos flagrantes de assuntos da cidade. A agilidade da ferramenta permite ao ouvinte nos avisar sobre qualquer coisa diferente que esteja acontecendo. O caso do acidente com o candidato Eduardo Campos em Santos é um bom exemplo. Naquele dia, chegaram centenas de mensagens de ouvintes, algumas com fotos, dizendo que tinha acontecido algo muito grave.

“A agilidade da ferramenta permite ao ouvinte nos avisar sobre qualquer coisa diferente que esteja acontecendo.”
É claro que, para um veículo como a Rádios Bandeirantes, nunca o cuidado com a checagem e com a confirmação de qualquer informação será desprezado. O aplicativo ampliou a possibilidade de o ouvinte participar diretamente da programação. Esse momento mostra que os veículos de comunicação precisam estar sempre atentos ao surgimento de ferramentas como essa e em busca da melhor forma de aproveitá-las. Inevitavelmente, essas mudanças impactam diretamente a rotina do jornalista, como acontece com a nossa vida de uma forma geral. No caso da nossa profissão, a relação com o ouvinte muda, existe uma influência decisiva na própria transmissão, na maneira de produzir a notícia e, sobretudo, no fluxo das informações.
Folha de S. Paulo - Roberto Prata, secretário de redação do meio digital
“Acho que a tecnologia mais e mais se incorpora ao jornalismo, tanto como um caminho para apuração de conteúdo.”
Lançamos nosso canal em março deste ano, observando o rápido aumento do uso do aplicativo. A ferramenta está sob administração da equipe de mídias sociais da Folha. Recebemos mais textos e fotos. Ainda vamos melhorar as técnicas, pois pretendemos implementar novos recursos de administração do canal. Acho que a tecnologia mais e mais se incorpora ao jornalismo, tanto como um caminho para apuração de conteúdo (WhatsApp na comunicação com o leitor, Waze e Moovit no levantamento de dados de trânsito e transporte público) quanto na distribuição dele. Com o WhatsApp, conseguimos aproveitar de 5% a 10% das informações que recebemos por mensagem. Uma história recente e legal foi a de um parto que ocorreu em um ônibus na zona sul de São Paulo. Uma garota que participou do parto nos enviou uma foto do recém-nascido e tinha os contatos da mãe.
Portal Comunique-se

2015 Promete Ser Melhor Para o Palmeiras

Técnico Oswaldo de Oliveira
O Palmeiras quer esquecer o ano de 2014, o ano de seu centenário. De bom apenas a inauguração de seu estádio o Allianz Parque que sem dúvida é um dos mais bonitos e modernos do Brasil, não deixando nada a desejar para os estádios que sediaram jogos da Copa do Mundo.

Porém dentro de campo o time não correspondeu. Quase rebaixado para a Série B, o time escapou da degola graças a derrota do Vitória em casa para o Santos.

Com a reeleição de Paulo Nobre o time agora quer melhores resultados em 2015 dentro de campo. 

A mudança começou fora de campo com as saídas de José Carlos Brunoro e Omar Feitosa que dão lugar a Alexandre Matos ex-Cruzeiro e Cícero Souza ex-Bahia.

Para o lugar do técnico Dorival Júnior, o time está praticamente acertado com Oswaldo de Oliveira que deve ser apresentado oficialmente amanhã.

Amaral desembarca em SP
Foto: Reginaldo Castro
E o primeiro reforço de peso já está em São Paulo para fazer exames médicos e assinatura de contrato. Trata-se do volante Amaral ex-Goiás. Amaral tem como maiores virtudes a disciplina e a aplicação tática. Capitão do Goiás desde 2012, o jogador foi referência do Goiás nos últimos anos pela regularidade e pelos gols marcados em jogadas de bola parada.

Governo de Goiás e Ministério Público Renovam Acordo Para Fornecimento de Medicamento de Alto Custo

O governo do Estado de Goiás, através da Secretaria Estadual da Saúde (SES), renovou o Termo de Cooperação Técnica com o Ministério Público de Goiás garantindo o repasse anual de R$ 36 milhões para a compra de medicamentos de alto custo aos pacientes com doenças graves no Estado. A solenidade de renovação aconteceu hoje pela manhã, no Palácio das Esmeraldas, e foi presidida pelo governador Marconi Perillo, com as participações do Procurador Geral de Justiça, Lauro Machado, o promotor Érico de Pina Cabral, coordenador de Apoio Operacional da Saúde do Ministério Público, e o secretário da Saúde, Halim Girade.


O acordo que culminou no Termo de Cooperação teve início em 2012 e permite a desburocratização no processo de disponibilização de medicamentos de alto custo não constantes na Relação Nacional de Medicamentos (Rename), a doentes que não têm condições de comprá-los, pondo fim à demanda de usuários junto ao Ministério Público para garantir o medicamento, por via judicial. A medida tornou o atendimento mais fácil e ágil.

O secretário Halim Girade disse que esse acordo é muito interessante e traz benefícios a todos, porque diminui gastos do setor público e também o prazo de atendimento ao paciente. Segundo ele, ao demandar a justiça, o paciente espera até três meses para o julgamento da ação e em seguida mais um período de tempo para a realização do processo de compra do remédio pela Central de Medicamentos de Alto Custo Juarez Barbosa. 

O promotor Érico de Pina informou que anualmente o Ministério Público atende mais de quatro mil solicitações de medicamentos de alto custo em todos os municípios de Goiás e a demora no atendimento é muito prejudicial. “São produtos de preços elevados, muitos deles destinados a pessoas com câncer”, observou.

Da solenidade participaram ainda o Procurador Geral do Estado, Alexandre Tocantins, a procuradora da SES Bárbara Marcelle Duarte Gigonzac e o superintendente executivo da SES Oldair Marinho.