domingo, 23 de setembro de 2018

Nem O Popular acredita no Ibope: jornal esconde pesquisa na capa

A nova rodada da pesquisa Ibope para o governo de Goiás, divulgada na última sexta-feira pela TV Anhanguera, virou nota de canto na capa do jornal O Popular deste sábado.

O tratamento dispensado pelo Pop ao Ibope é totalmente diferente do que o jornal dá aos levantamentos produzidos pelo instituto Serpes, que de modo geral viram manchete e ganham gráficos na capa.

A discrição do Popular escancara a falta de credibilidade do Ibope, que cometeu muitos erros nos últimos anos. A ponto de ser investigada por uma CPI no Congresso Nacional, que no parecer conclusivo apontou fraudes suspeitíssimas.

O Ibope tem histórico de erros em Goiás. O mais gritante aconteceu em 1998. Na véspera da eleição para governador, projetou vitória de Iris Rezende (MDB) por 53% a 27%, ou seja: vantagem de 500 mil votos. Marconi Perillo (PSDB) venceu.

Em 2010, o Ibope anunciou queda de Marconi em nova disputa contra Iris pelo governo. Esta queda no índice de intenção de voto não se confirmou nas urnas.

Em 2014 o mesmo Ibope, no início de outubro, dava 17% para Vilmar Rocha contra Ronaldo Caiado. Três dias depois abertas às urnas ele teve 37% dos votos. Mais que o dobro do que o Ibope apontava três dias antes.

Note que agora não seria a primeira vez que o Ibope ajuda Caiado.

3 comentários:

Anônimo disse...

Cleuber malandro Carlos vc vai perder a grana fácil q ganha. Seu malandro vc tinha q estar era preso.

Unknown disse...

Eu tenho ceteza que o Ibop está mais uma vêz errado, quem viver verá, abraços!

Gildo 7minutos disse...



Mais uma vez será desmoralizado .....quanto a presidente...melhor nem comentar...este ano esta provado que a eleição é do Whatsapp, Facebook e das redes sociais..a tv levou a pior nem ela levantou o candidato que mais tem tempo......Hora Final da Imprensa comprada....a Desmoralização na Imprensa e eu que pensei nãoo estarei vivo pra ver isso rs...ta ai