Ministério Agricultura

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Depois de Tentar Chantagear Marconi e Zé Eliton, Lúcia Vânia Deve Deixar Base Aliada e Ir Para a Oposição Na Chapa de Ronaldo Caiado

A senadora Lúcia Vânia tentou chantagear o ex- governador Marconi Perillo e o governador Zé Eliton e se deu mal. O ex-governador Marconi Perillo não aceitou ser refém da chantagem e Lúcia Vânia vai agora pular nas costas de Ronaldo Caiado.

A senadora não aguentou a pressão de concorrer pela vaga com o ex-senador Demóstenes Torres e sentindo que perderia a disputa, tentou fazer chantagem com Marconi e Zé Eliton.

 Lúcia Vânia deu entrevista em Aparecida e declarou: 

“Eu me sinto extremamente desconfortável com a presença do ex-senador Demóstenes. Afinal, dentro do Senado Federal, que é a instituição que eu represento, ele continua sendo um senador cassado”, disse Lúcia Vânia.

Diante da declaração infeliz, não resta outra alternativa para Lúcia Vânia, a não ser deixar a base alaida. A repelir  a proximidade com Demóstenes e dizer que sai da chapa governista, como candidata à 2ª vaga ao Senado, se Marconi abrir mão da 1ª vaga ou se a vice for oferecida ao candidato do PTB, Lúcia fez na verdade apenas tentou criar motivo para anunciar que irá apoiar Ronaldo Caiado.

A chantagem feita publicamente, foi  intencional,  com objetivo de criar motivo para sua saída da base aliada. Na verdade informações de bastidores já dão como certa a aliança de Lúcia Vânia com  Ronaldo Caiado. 

Se tem um coisa que o ex-governador Marconi Perillo não aceita de maneira nenhum é ficar refém, principalmente de quem faz chantagem. 

A senadora garantiu que, na companhia do procurador, não fica de jeito nenhum. E detalhou: "se Marconi Perillo abrir mão da 1ª vaga ao Senado, para ajudar a acomodar Demóstenes, ou se ele for agasalhado como candidato a vice, ela abre mão da própria candidatura na chapa governista e vai procurar outra solução para o seu futuro político" Dobradinha com Demóstenes não fará jamais.

Demorou para Lúcia Vânia perceber que a base aliada não a deseja mais,  porque faz tempo que ela deixou de apoiar os companheiros da base e fazer politica para o próprio umbigo, por isso,  não tem apoio de deputados federais, estaduais e prefeitos. A maioria dos deputados e prefeitos da base  aliada apoiam Demóstenes Torres e Marconi Perillo. 

Lúcia Vânia agora vai tentar se fazer de vítima e ir para a oposição. Um triste fim para quem sempre viveu  degustando das benesse do tempo novo e agora vestir a camisa da aposição, assim como fez Ronaldo Caiado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Lucia Vania esta correta, esta em segundo em todas as pesquisas, não esta envolvida em escândalos, Demóstenes não é mais o rei da ética e dos bons constumes só ele e a imprensa que não vê isso, agora que a Senadora só joga pelo seu time isso é verdade veja o caso de Nova Veneza a esposa de seu pupilo Luiz Stival teve uma vitória controversa e desgastante para o seu grupo.