quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Caldas Country Show: Drogas, Sexo, Vandalismo e Assassinato.

12 mortes, 21 casos de estupros, inúmeros casos de vandalismo, atentado ao pudor, entre outros crimes desprezíveis, em apenas um final de semana de festa. Essa foi a edição de 2012.


Arte: http://www.issoebizarro.xpg.com.br/
Isso tem nome, e acontece em Caldas Novas, Goiás. Conhecida como a maior festa sertaneja (referente ao tipo de música do evento), o Caldas Country destrói Caldas Novas todos os anos, piorando gradativamente. A pequena cidade turística (a maior estância hidrotermal do mundo, possuindo águas que brotam do chão em temperaturas que variam de 20° a 60°) é vítima de bêbados e drogados alucinados que todo ano, fazem daquilo um inferno à céu aberto.

Por volta das 23:30 de sábado Marcela Souza de Lima Oliveira, 22 anos, natural de Itumbiara foi vitima de bala perdida, ela foi alvejada na cabeça por um elemento de Anápolis. 
 Marcela estava acompanhada do esposo, Carlos Roberto Soares Júnior que chegou a levar a esposa para o hospital, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O autor dos disparos é Jonathan Floz de Morais, 22 anos. Ao ser atingida Marcela caiu nos braços do marido. Desesperado ele gritou por ajuda.

Marcela Assassinada Em Caldas Novas
O SAMU chegou mas não consegui salvar a vida de sua jovem. Marcela era filha de Valtinho Cebolinha da Auto Peças Quatro Rodas de Itumbiara. A arma do crime uma pistola Taurus  calibre 380 com alongador para 17 balas, foi encontrada em posse de Maria Cristina Roque Ferreira. Jonanthan Foz foi localizado em frente ao clube Privé e confessou ser o autor dos disparos. A polícia prendeu também Guilherme Augusto Cândido, 20 anos. Com ele foi apreendida uma máquina fotográfica onde os jovens exibiam armas. Na casa que eles alugaram a polícia encontrou diversas armas de grosso calibre.

O fato aconteceu na Avenida Tiradentes, próximo a Choperia Ipê. A vitima estava na companhia do marido, comemorando um ano de casados. Existem vários relatos de estupros durante a festa, uso de drogas, espancamentos, sexo explícito em plena rua, vandalismo, selvageria pura. Segundo relatos de pessoas que estiveram no evento, Caldas Novas parecia Sodoma e Gomorra neste final de semana. (Segundo o relato bíblico, as cidades e os seus habitantes foram destruídos por Deus devido a prática de atos imorais).

Armas Apreendidas
Moradores estão revoltados. Quem foi  jura nunca mais voltar. Caldas Novas literalmente foi o inferno na terra por um final de semana para as pessoas de bons costumes.

Um disparo de rojão atingiu o rosto de um jovem dentro do Caldas County

Segundo informações a jovem foi destampar o rojão que fazia parte da pirotecnia do Show quando uma boba explodiu e veio atingir o seu rosto a vitima ficou com o rosto completamente desfigurado . Segundo relatos a vítima foi conduzida para Goiânia em estava grave. A foto do estado do jovem atingido é estarrecedora e chocante.

Com Informações de Hedson Arantes, Alisson Maia e Walter Luiz Ramos

Sexo em Local Publico

Duas pessoas não identificadas foram fotografadas fazendo sexo em uma rua movimentada de Caldas Novas (GO), durante o festival Caldas Country na sexta-feira .

A foto do casal apoiado em um veículo foi publicada no Facebook e compartilhada por usuários da rede social indignados com a cena.

O festival Caldas Country Show aconteceu de sexta-feira (16) a domingo (18) e reúniu em Caldas Novas grandes astros da música sertaneja, como Gustavo Lima, Paula Fernandes e Luan Santana. Outro casal foi fotografado fazendo sexo em plena rua sem a mínima preocupação.

Com o evento, a cidade se transformou em uma grande baderna. Música altíssima, muita bebida, drogas e pegação. O número de policiais eram insuficiente para a quantidade de pessoas dispostas a transgredir. Segundo dados da polícia militar passaram pela cidade cerca de 200 mil pessoas durante o evento.









Vandalismo


Carro é queimado em plena rua de Caldas Novas por puro vandalismo. Cidade sem lei.


Opinião do Blog

Caldas Novas é uma cidade turística com belezas naturais e não precisa deste tipo de evento para atrair turistas, pelo contrário, este tipo de evento só denigre a imagem da cidade e afugenta as famílias que buscam em Caldas Novas,  lazer e tranquilidade. Caldas precisa repensar que tipo de cidade deseja ser. Um cidade para vândalos, drogados e marginais de uma juventude transviada ou uma cidade para o turismo de famílias. Com a palavra o prefeito eleito Evandro Magal. O Ministério Público precisa agir para proteger a cidade e bem maior que temos que é a vida. Caldas Novas teve os seus dias mais negros de sua história neste final de semana e vai demorar muito tempo para que a imagem da cidade se restabeleça como um cidade onde as famílias possam passar férias com os filhos com tranquilidade, alegria e harmônia.

Leia também

Ministério Público Quer Que Polícia Identifique Infratores e Suspende Venda de Ingressos do Caldas Country de 2013 http://migre.me/bZOcD

Opinião Em Destaque do Leitor



  Defendo o rigor penal para aqueles que desrespeitaram a Lei. Caldas Novas não admite isso.


Tivemos 220 mil pessoas em Caldas Novas. Nem 300 pessoas se excederam. É minoria, portanto, amigo. Nossa missão é melhorar.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fernanda Martins
Realmente houve uma falha, talvez na organização, mas isso não justifica a falta de educação dos vândalos e das obscenidades que houve na rua. Quem tem educação respeita qualquer lugar independente do numero de policiais ou de infra estrutura. Que turista é esse que vem em minha cidade e faz dela um sanitário que sobe em uma unidade móvel do SAMU e atrapalha o transporte de pacientes. Falta é revermos nossos conceitos e educarmos bem os nossos filhos para que no futuro eles não façam o mesmo, pois para mim isso foi unicamente falta de educação.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

João Carlos

Olha meus amigos, trabalho a 8 anos numa agência de turismo no shopping Tatuapé aqui em SP, e Caldas Novas era sempre muito procurada por famílias para passar os feriados e as festas nas estâncias termais, mas de ontem pra hoje tive 4 desistências para o fim do ano. As pessoas não querem mais ir praí por conta dessas notícias. A repercussão negativa está muito grande.


 Sou formada em turismo e posso afirmar que um mega evento pode trazer benefícios para uma localidade sim, falo isso não por opinião, mas baseada em uma pesquisa aprofundada no assunto. Morei em Caldas Novas e em menos de 1 mês percebi que a cidade não havia planejamento e muito menos era preparada para ser um destino turístico, a começar pelo atendimento que é horrível e pela visão dos empresários locais que só pensam em lucratividade, ou melhor, só pensam em explorar o turista e que se dane se ele ficou satisfeito com o destino ou não. Na época em que morei na cidade o poder público era vergonhoso, acho que se perguntasse ao prefeito o que era turismo ele responderia viajar. O que aconteceu no Caldas Country não me assusta nem um pouco, inclusive dei aula no curso de turismo em uma faculdade local e já alertava meus alunos que um dia a bomba ia estourar, pois nada dá certo sem ter um planejamento, quanto mais se tratando de turismo, que é uma atividade que não envolve apenas a economia, mas também a educação, a saúde, o meio ambiente, a segurança, a cultura, dentre outros.

O problema refere-se a falta de planejamento e a ausência de pessoas competentes trabalhando em prol do turismo. Já imaginaram um secretario de turismo que atendia a população em uma mesa de boteco??? Quando eu morei lá era assim que acontecia. Será que agora Caldas Novas procurará buscar um desenvolvimento turístico sustentável? Ou deixará um potencial turístico de tamanha grandeza se transformar em pó.



      1. Kellen Bittencourt Feliz por não ter permitido que minha filha fosse, ela já tinha até pago o apto que ficaria com as amigas e eu barrei, morei em Caldas Novas e tirando de base o Carnaval de lá, dá p ter uma ideia de como é este evento, cidade sem lei sim, que me desculpem as pessoas sérias que moram lá, mas a cidade está lotada de oportunistas de um modo geral!
      2. Bom se até o prefeito compactua com esse tipo de evento, lamento pelos cidadãos de Caldas, que são pessoas honradas e trabalhadoras. Porém é o preço de não saber utilizar seu direito a voto, como se diz por aí cada povo tem o governo que merece. Segundo, comércio não é só vendedor de gelo e cerveja. Esses tiveram com certeza lucro, mas poucos pagam impostos e geram empregos. Terceiro, a culpa é sim dos organizadores, é sim do evento pois são os que mais lucram. NÃO PODEMOS PRIVATIZAR O LUCRO E SOCIALIZAR O PREJUÍZO. E para mim, uma vida vale mais que qualquer show, festival, carnaval ou outro evento. O idiota que matou a moça não puxou o gatilho sozinho, com ele vários cumplices omissos e gananciosos cometeram um crime indiretamente.


        Quanto falso moralismo ! Infelizmente situações como essas ocorrem, mas em nada tem haver com o cancelamento do evento. O Brasil tem festas muito maiores do que essas, vide Carnaval de Salvador, ou do Floripa, fora eventos como Baretos ou ainda o Reveillon no Rio. POrtanto nao venham falar que o evento nao agrega nada ao Comercio. Sao Recebidos mais de 500mil pessoas na cidade. Agora, quanto ao fato de faltar policiamento, falta de estrutura concordo plenamente, mas nao venham falar que o evento deveria ser cancelado. ISSO é Brasil, um país onde poucos lucram em detrimento da seguranca, saude e bem estar de muitos.
    • Miguel Novaes Infelizmente isso vem ocorrendo ano após ano. Cada ano há uma promessa de melhor organização. Que só fica na promessa. Sofre o turista que quer conhecer a cidade e usufruir das águas termais e sofre os moradores da cidade com tamanha bagunça e criminalidade. Por fim, sofre os familiares que tem seus entes queridos envolvidos em tamanha violência.

    Larissa Eagle
    Gente isso é um desastre... Como é possível as pessoas acharem normal pessoas fazendo sexo como bixos na rua, mortes, tiros, tocarem fogo nos carros... E o pior, vocês realmente acham que acaba aí? Todo o sangue derramado na cidade atrai ainda mais violência e mais devastação. É como receber um furacão de destruição que gera mais destruição.
    Aonde estamos parando?
    Até quando eventos vão trazer tantos prejuízos a saúde e à vida das pessoas? Fora os filhos sem pai, os HIV, e as pessoas que voltam pra casa sem seus entes queridos.. Isso tudo a troco de que?????????????? Que "DIVERSÃO" é essa??????


    Regiane Queiroz
    O carro queimado lá é de uma garota que estava no grupo do meu irmão. Não teve nenhum motivo, e ela coitada não tinha seguro. Tá ferrada! #acaba Caldas Country!!!


    • Gladston Clayton Já foi a época em que Caldas Novas era uma cidade que vc ia com a família pra descansar. Os políticos, empresários e proprietários de imóveis devem repensar seus conceitos e analisar se querem que a cidade continue nesta bagunça ou volte a ser o local onde as famílias podiam passear com tranquilidade.